sexta-feira, janeiro 26, 2007

Tecnologia Desumanizante

Hoje me peguei me comunicando com meu irmão pelo MSN dentro do mesmo apartamento. Isso me levou a pensar em quão impessoais nos tornamos ao passo que a tecnologia avança.
O cotidiano de todos vêm mudando com a interferência das novas tecnologias sem que muita gente perceba. No começo pensava-se apenas que a invenção do e-mail acabaria com o romantismo das cartas, e alguns chegaram até a “prever” o fim dos Correios, exagero é claro.
Mas a coisa é bem mais complexa que isso. Hoje ao conhecer alguém pedimos o MSN ao invés do telefone, se não der tempo encontramos no Orkut e descobrimos toda a fantasia que ela criou em volta de si mesma. O Orkut é poderoso porque mexe com o ego das pessoas, é um cartaz que gostaríamos de expor ao mundo, claro que da forma que queremos que nos vejam. Escolhemos as melhores fotos da nossa vida, o melhor texto para o profile, etc. A bola de neve da mentira vai crescendo e quando se pensa estar próximo dos amigos através de scraps, vivemos uma ilusão.
Nem sou velho, mas já dá saudade daquela sensação de ficar pensando em telefonar ou não para a pessoa em que estou interessado, com as mãos suando de nervosismo. Nem mesmo em aviões, ônibus e aeroportos as pessoas conversam entre si. Quando não se tem um notebook com tecnologia wireless(internet sem-fio), é um palm-top ou um mp3 player, que graças à sede das pessoas por eletrônicos hoje pode ser comprado por pouco mais de R$ 50,00.
A tecnologia é vista como forma de evolução e a Internet uma fonte inesgotável de informações que enriquecem nossa bagagem e, conseqüentemente, nos deixam mais “inteligentes”. Só devemos tomar cuidado para não “emburrecer” demais nas relações pessoais. Sempre lembro daquela propaganda duma marca de roupa: “Malwee, gostosa como um abraço”. Devia passar mais vezes.

6 Comments:

At sexta-feira, janeiro 26, 2007 2:18:00 PM, Blogger Toty Freire said...

Você está absolutamente certo! Uma bela explicação...

 
At segunda-feira, janeiro 29, 2007 1:42:00 PM, Anonymous Marcelle Félix said...

Extremante lúcido Danzito!
Lanço um desafio... Encontre alguém que não seja "extremamente feliz" no orkut! A vida é perfeita alí.
Ai mas era bom mesmo o frio na barriga que dava antes de ter que ligar pra alguém.. boa lembrança!!

beijos!!

 
At quarta-feira, janeiro 31, 2007 8:36:00 PM, Blogger Brun0 said...

É Bruno teu primo!

Gostei do que tu falaste ! principalmente da parte que tu fala do orkut, alí é o mundo dos sonhos cara, mas nao é porque é bom nao, é porque a maioria das pessoas poe lá o que sonha em ser...muitas vezes nao chega nem perto hsaahushauhsua
é isso aee
falow

 
At quinta-feira, fevereiro 01, 2007 1:48:00 AM, Anonymous Vanessa Wrobleski said...

Oi Dandan! Ótimo texto...retrata realmente o que estamos vivendo hoje...adorei o último parágrafo: "Malwee, gostosa como um abraço"...deveríamos fazer isso com mais frequência mesmo...bjão

 
At quinta-feira, fevereiro 01, 2007 3:07:00 AM, Anonymous Isis Carneiro said...

Bem verdade o que vc escreveu Daniel. Eu, por exemplo, antes de criar o orkut me espantei com a possibilidade de encontrar pessoas que não via há mais de uma década. Só que quando vi que essa possibilidade podia se tornar real, perdi o interesse, me desencantei. Tem gente que me adicionou e eu nunca troquei um scrap se quer. Sei lá, a sensação que dá é que muitos dos teus "amigos" te adicionam só pra fazer número.

Um grande abraço pra vc!

 
At quinta-feira, fevereiro 01, 2007 6:07:00 PM, Blogger Klaus Lautenschlaeger said...

Perfeito raciocínio, Maranhas.. ótimo texto e que nos remete a uma extensa reflexão sobre nossas formas de comunicação e até de afeto no mundo de hoje. Bacana mesmo!

Adiciona o meu blog nos seus favoritos aí tbm. Vou add o seu!
Abraços.

 

Postar um comentário

<< Home